quinta-feira, julho 02, 2009

Um conto, um passeio à descoberta - Brevemente

A meio da serra do Paúl, dizem os locais, existe um cão que desencaminha bttistas distraídos.

Dizem que esse cão é apenas visto na altura das festividades do São Pedro. Em conversa com os anciãos, foi nos referido que este cão é feroz, maléfico e tem um hálito de bradar aos céus. Este "Canis lupus familiaris" usa estratagemas horripilantes para desencaminhar os ciclistas dos trilhos levando-os para o seu covil.

Lá aguarda-nos a punição merecida de tão fatídica distracção. O ser residente neste buraco, Ajoelhou Vaiterderezar, obriga os seus prisioneiros a lavar o chão do seu antro, de joelhos, sem poder-mos tirar as lycras que tanto nos caracteriza nas serras por este mundo fora. Muitos desapareceram, muitos nunca mais voltaram, até hoje ninguém deu o testemunho real do que aconteceu, mas os gritos que surgem entre as árvores e rochas da serra palestram a dor profunda de um sofrimento agudo.

Fica ao teu critério aceitar ou não o convite para este passeio de descoberta nas portas do Paúl, mas uma coisa é certa, caso fores, não te distraias, olha sempre para a frente e se ouvires ladrar, pedala, pedala até as tuas "pernas se calaram"...




Se os vires! pedala! pedala duro!

4 comentários:

Pascal disse...

Este passeio à descoberta aonde vai dar?

Pascal disse...

=)

Pascal disse...

Vamos adiar o passeio de reconhecimento! Fica para a próxima semana...
Improvisamos qualquer coisa para amanhã!?

Marco disse...

Sábado para onde vão? digam qualquer coisa..